Fale Connosco

+351 255 214 495

Registo / Login

Veja Quais são os Países cujos Bancos Centrais detêm mais Ouro

Diversos bancos centrais ao redor do globo têm adicionado ouro às suas reservas. Em junho deste ano, adicionaram 59 toneladas; em maio, 35 toneladas; em abril, 19.4 toneladas. A demanda de ouro teve um aumento de 12% no 1º semestre de 2022 e boa parte desta demanda é dos bancos centrais, que adicionaram um total de 270 toneladas do metal às suas reservas no 1º semestre de 2022.

Porém, quais são os países que detém mais ouro em suas reservas? Eis o top 20, segundo o World Gold Council (WGC):

1 – Estados Unidos – 8133.5 toneladas

2 – Alemanha – 3355.1 toneladas

3 – Itália – 2451.8 toneladas

4 – França – 2436.6 toneladas

5 – Rússia – 2298.5 toneladas

6 – China – 1948.3 toneladas

7 – Suíça – 1040 toneladas

8 – Japão – 846 toneladas

9 – Índia – 768.8 toneladas

10 – Holanda – 612.5 toneladas

11 – Turquia – 457.7 toneladas

12 – Taiwan – 423.6 toneladas

13 – Cazaquistão – 383.9 toneladas

14 – Portugal – 382.6 toneladas

15 – Uzbequistão – 363.9 toneladas

16 – Arábia Saudita – 323.1 toneladas

17 – Reino Unido – 310.3 toneladas

18 – Líbano – 286.8 toneladas

19 – Espanha – 281.6 toneladas

20 – Áustria – 280 toneladas

Já o Fundo Monetário Internacional (FMI) possui 2814 toneladas de ouro. Por sua vez, o Banco Central Europeu (BCE) possui 504.8 toneladas do metal.

Vale destacar que a China pode deter mais ouro do que o que está mencionado na lista acima. O banco central da China (People’s Bank of China – PBoC) possui um histórico de ficar longos períodos sem reportar oficialmente as suas reservas de ouro. Em 2009, o PBoC parou divulgar as suas reservas de ouro. Em junho de 2015, o PBoC de repente anunciou que suas reservas de ouro tiveram um aumento de 57%. A partir de então, o PBoC passou a reportar suas compras de ouro até que parou novamente em 2019. Além disto, muitos analistas acreditam que a China detém muito mais ouro do que revela oficialmente. Segundo James Rickards, especula-se que a China mantém milhares de toneladas de ouro não relatadas oficialmente em uma entidade chamada State Administration for Foreign Exchange (SAFE).

 

André Marques

Etiquetas :

Sem categoria

Partilhar :

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.