Fale Connosco

+351 255 214 495

Registo

Demanda de Ouro na Índia foi Significativa em Setembro, com boa Projeção para Outubro

A demanda por ouro na Índia foi significativa em setembro e há boas perspetivas para o futuro.

 

Uma correção no preço do ouro local ajudou a impulsionar a demanda durante a primeira semana de setembro. A compra esfriou durante o período desfavorável de Pitru-Paksha (um feirado religioso no qual os ancestrais familiares são homenageados que ocorre de 10 a 25 de setembro). A demanda por ouro normalmente cai nesse período. Mesmo assim, o preço mais baixo do ouro atraiu alguns consumidores a fazer compras a pronto e reservas antecipadas para os próximos festivais e casamentos. E o mês terminou com compras sólidas antecipando o Navratri (um festival anual que abrange nove noites dedicado à devoção da divindade hindu Durga).

 

O World Gold Council (WGC) projeta mais um mês de forte demanda em outubro:

 

“Nossas interações com o comércio confirmam que o momentum continuou em outubro, com os consumidores fazendo compras para festivais e casamentos – assim como compras feitas costumeiramente.”

 

O governo cobrou uma tarifa mais baixa sobre ligas de platina. Os importadores aproveitaram isto e criaram hastes compostas por 4% de platina e 96% de ouro. Segundo o WGC, cerca de 27 toneladas de ouro foram importadas por esta rota durante o mês de setembro:

 

“Esta atividade, que vai contra o espírito do mercado de ouro indiano, distorceu o mercado local e o manteve em desconto durante a maior parte do mês. O ministério das finanças, em 3 de outubro, aumentou o imposto alfandegário sobre a platina para 15.4% – mais alto do que o imposto de 15% sobre o ouro.”

 

O contrabando de ouro também ajudou a aumentar a oferta local. De acordo com o WGC, “desde que o aumento do imposto alfandegário foi introduzido em 1º de julho, um aumento do contrabando de ouro para a Índia contribuiu para manter o mercado local em um desconto constante. Os volumes de contrabando de ouro podem aumentar substancialmente em 2022 se as tarifas alfandegárias permanecerem em um nível elevado.”

 

A Índia também tem sofrido uma alta taxa de inflação. Muitos indianos recorreram a cartões de crédito para sobreviver. A desvalorização da rupia elevou o preço do ouro doméstico. A combinação de impactos de taxa de inflação e preços domésticos de ouro mais altos pode criar ventos contrários no mercado de ouro indiano no curto prazo.

 

Por outro lado, o ouro é amplamente considerado uma proteção contra a depreciação da moeda na Índia. Com a taxa de inflação em alta, os investidores de retalho e institucionais podem migrar para barras, moedas ou ETF’s de ouro para proteger sua riqueza.

 

Os ETF’s de ouro na Índia registaram uma entrada líquida de 0.4 tonelada de ouro em setembro. Isto elevou o total de ouro dos ETF’s indianos para 38.5 toneladas no final de setembro. Os ETF’s de ouro indianos registaram uma entrada líquida pequena, mas significativa, de 0.9 tonelada desde o início do ano.

 

Depois de não fazer compras em agosto, o Reserve Bank of India – RBI (o banco central da Índia) adicionou 1.4 tonelada às suas reservas nas primeiras três semanas de setembro. Com isso, suas reservas totais de ouro atingiram 782.7 toneladas. A Índia é a 9ª maior detentora de ouro do mundo. Desde que retomou as compras do metal no final de 2017, o RBI comprou mais de 200 toneladas de ouro. Em agosto de 2020, houve relatos de que o RBI estava a considerar aumentar significativamente suas reservas de ouro.

 

A Índia é o segundo maior consumidor de ouro do mundo, perdendo para a China.

 

Os indianos têm o costume de adquirir ouro. Não só por motivos económicos, mas, também, culturais. Coletivamente, as famílias indianas possuem cerca de 25 mil toneladas de ouro. E este número pode ser maior devido ao grande mercado negro do país. Os indianos também valorizam o ouro como uma reserva, especialmente nas regiões rurais pobres. 2/3 da demanda de ouro da Índia vêm destas áreas. No geral, 87% das famílias no país possuem alguma quantidade do metal amarelo. Até mesmo as famílias com níveis de renda mais baixos na Índia possuem algum ouro.

 

O ouro também serviu como recurso de salvação para muitos indianos durante a pandemia. Este artigo mostra o exemplo de um homem, Paul Fernandes, que, quando os lockdowns começaram, fez um empréstimo usando ouro como garantia para pagar a educação de seus filhos, depois que perdeu o emprego em um navio de cruzeiro. E depois passou para a venda de joias de ouro para pagar as despesas. Ele disse à Bloomberg que a venda de ouro fax com que não precise assumir mais dívidas. “Vender minhas joias significa que não sou obrigado a pagar alguém com juros adicionais.”

 

 

André Marques

Etiquetas :

Sem categoria

Partilhar :

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *