Nota: É importante destacar que as taxas dedesemprego divulgadas pelos governos (seja dos da União Europeia, dos EUA, doBrasil, ou qualquer outro), tendem a ser menores do que a real taxa dedesemprego. Isto ocorre devido, por exemplo, a estas taxas não contarem aspessoas desencorajadas (que pararam de procurar emprego e não estão contados naforça de trabalho) e/ou que estão a fazer trabalhos ocasionais. Veja exemplos aqui, aqui e aqui.


Em janeiro de 2022, a taxa de desemprego dazona euro foi de 6.8%, uma diminuição em comparação aos 7% em dezembro de 2021 e aos 8.3% em janeiro de 2021, segundo aEurostat. Já a taxa de desemprego da União Europeia (UE) foi de 6.2% em janeiro de 2022,uma diminuição em comparação aos 6.4% em dezembro de 2021 e aos 7.5% em janeirode 2021.


Figura 1 – Taxa de Desemprego da Zona Euro eda UE (2008-2022)


Zona Euro (Linha Vermelha); UE (Linha Azul).

Fonte: Eurostat.


Estima-se que 13.346 milhões pessoas na UE(das quais 11.225 milhões da zona euro), estavam desempregadas em janeiro de2022. Em comparação a dezembro de 2021, o número de pessoas desempregadasdiminuiu 216 mil na UE e 214 mil na zona euro. Em comparação a janeiro de 2021,a quantidade de pessoas desempregadas diminuiu 2.522 milhões na UE e 2.117milhões na zona euro.


Em Portugal, a taxa de desemprego atingiu 6%em janeiro de 2022 (5.8% em dezembro de 2021), com 309 mil pessoasdesempregadas.


Figura 2 – Total do Desemprego da Zona Euro eda UE


Rates % (Taxas %); Number of Persons inThousands (Número de Pessoas em Milhares); Euro Area (Zona Euro); EU (UniãoEuropeia – UE); : (Dados Não Disponíveis); * (Dezembro de 2020).

Nota: Iceland (Islândia), Norway (Noruega) eSwitzerland (Suíça) não fazem parte da UE.

Fonte: Eurostat.


Em janeiro de 2022, a taxa de desemprego dosjovens (menores de 25 anos) foi de 14% na UE e 13.9% na zona euro. No mêsanterior, a taxa foi de 14.3% na UE e a 14.2% na zona euro.


Figura 3 – Taxa de Desemprego dos Jovens Menoresde 25 Anos da Zona Euro e da UE (2008-2022)


Zona Euro (Linha Vermelha); UE (Linha Azul).

Fonte: Eurostat.


Em janeiro de 2022, 2.546 milhões de jovensestavam desempregados na UE (dos quais 2.038 milhões na zona euro). Emcomparação a dezembro de 2021, o desemprego jovem diminuiu 62 mil na UE e 52mil na zona euro. Em comparação a janeiro de 2021, o desemprego juvenildiminuiu 680 mil na UE e 589 mil na zona euro.


Em Portugal, da taxa do desemprego jovem foide 20.5% em janeiro de 2022 (21.1% em dezembro de 2021), com 67 mil jovensdesempregados [Nota: creio que houve um erro na figura 4 e os dados das taxasde desemprego dos jovens em Portugal para dezembro de 2021 e janeiro de 2022foram trocados].


Figura 4 – Total do Desemprego dos JovensMenores de 25 anos da Zona Euro e da UE


Rates % (Taxas %); Number of Persons inThousands (Número de Pessoas em Milhares); Euro Area (Zona Euro); EU (UniãoEuropeia – UE); : (Dados não Disponíveis); * (Dados do 3º Trimestre de 2021

Nota: Os três últimos (Islândia, Noruega eSuíça) não fazem parte da UE.

Nota 2: Bélgica, Croácia, Chipre, Roménia eEslovénia (Dados Trimestrais).

Fonte: Eurostat.


Em janeiro de 2022, a taxa de desemprego dasmulheres foi de 6.5% na UE (no mês anterior, foi de 6.6%); a dos homens, 6% (nomês anterior, foi de 6.1%). Na zona euro, a taxa de desemprego das mulheresdiminuiu de 7.2% em dezembro de 2021 para 7.1% em janeiro de 2022; a doshomens, de 6.7% para 6.6%.


Em Portugal, a taxa de desemprego das mulheresfoi de 5.9% em janeiro de 2022 (5.8% em dezembro de 2021); a dos homens, 6%(5.8% em dezembro de 2021).


Figura 5 – Taxa de Desemprego da Zona Euro eda UE por Sexo


Males (Homens); Females (Mulheres); Euro Area(Zona Euro); EU (União Europeia – UE); : (Dados não Disponíveis).

Nota: Os três últimos (Islândia, Noruega eSuíça) não fazem parte da UE.

Fonte: Eurostat.



André Marques