Fale Connosco

+351 255 214 495 

(Chamada para rede fixa nacional)

O Novo Papel da Prata na Fotografia é Estimulado pelo E-Commerce

blank

As vendas de e-commerce devem atingir o valor de US$ 6.9 trilhões até 2024 e US$ 8.2 trilhões até 2026, segundo o provedor de dados de mercado e consumidor Statista. E essa tendência crescente de compras on-line requer um componente crucial: uma imagem clara e precisa do item à venda.

 

Embora a fotografia digital seja muito mais usada do que a fotografia baseada em prata, a prata ainda está a desempenhar um papel importante no comércio on-line como uma cura para o ‘vignetting’ (um escurecimento dos cantos da imagem da foto quando comparado ao meio da imagem). Embora o ‘vignetting’ às vezes seja usado para aprimorar uma mensagem artística (enfatizando uma parte da foto em detrimento de outra), no caso de fotos de produtos de itens de venda menores, ela pode distrair e até mesmo enganar um comprador em potencial.

 

Para garantir que um item seja retratado com precisão, fotógrafos profissionais (e até amadores) compram ou constroem ‘caixas de luz’ ou ‘tendas de luz’ (pequenos recipientes – muitas vezes feitos de papelão, tecido ou papel – que envolvem um item para que este possa ser fotografado em um ambiente bem iluminado e controlado). E, para garantir que o item não sofra ‘vignetting’, as paredes internas das caixas de melhor desempenho são revestidas por dentro com partículas de prata que difundem a luz uniformemente.

 

“Fotografar objetos e produtos estáticos é surpreendentemente difícil. Eles [estão parados], mas acertar a iluminação pode ser um verdadeiro desafio”, escreve Stan Horaczek, editor sénior de equipamentos da revista Popular Photography. “Criar uma iluminação uniforme em um produto é complicado sem uma caixa de luz. Ao envolver o produto com material de difusão [partículas de prata] ou luz, esses dispositivos reduzem drasticamente as chances de pontos quentes e sombras estranhas que podem obscurecer parte do produto.”

 

Figura 1 – Partículas de prata nas paredes das caixas de luz difundem a luz uniformemente, garantindo que o item não seja apenas retratado com precisão, mas também agradável aos olhos

blank

Fonte: Silver Institute.

 

 

André Marques

Etiquetas :

Sem categoria

Partilhar :

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.