Fale Connosco

+351 255 214 495

Registo

Evergrande

Desde o início domês a incorporadora imobiliária chinesa Evergrande está nos holofotes. Seuenorme endividamento torna-se cada vez mais insustentável e o risco de caloteaumenta. Vejamos algumas informações a respeito e como isto é consequência daexpansão monetária do banco central.

A Evergrande foifundada em 1996 como uma empresa de negócios diversos. A empresa vendiagarrafas de água mineral, possui um clube de futebol (o Guangzhou FC, quecostuma ter prejuízo entre US$ 155 milhões e US$ 310 milhões e está a falir https://supchina.com/2021/09/20/evergrandes-financial-troubles-threatens-its-soccer-club-guangzhou-fc/), criação de porcos, entre outras. Porém,nos últimos anos, cresceu mais com o ramo de incorporação imobiliária. E estecrescimento foi financiado por meio de endividamento.

Primeiro, veja ográfico da ação da empresa, que vem a cair desde fevereiro de 2021 e está a 34cêntimos de dólar americano (USD):

Figura 1 – Açãoda Evergrande (2014-2021)

Fonte:TradingView – Elaboração Própria.

O total da dívidada Evergrande é de mais de US$ 300 mil milhões/bilhões e é a incorporadoraimobiliária mais endividada do mundo. Além disto, possui títulos de dívida quevencerão em 2022 no valor de US$ 7.4 mil milhões/bilhões https://www.bloomberg.com/news/articles/2021-09-05/clock-ticks-for-evergrande-as-7-4-billion-of-bonds-due-in-2022?srnd=live-events-v2 .  Adívida total/EBITDA (EBITDA – Earnings Before Interest, Taxes and Amortization– refere-se a receita antes dos gastos com juros, impostos e amortização) é19.3 (link da foto 01!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!).Ou seja, o endividamento total da empresa é 19.3 vezes mais do que o EBITDA.Uma alavancagem muito grande.

No início do mês,a Moody’s rebaixou a nota de crédito da Evergrande para Ca, sendo de grauespeculativo https://www.reuters.com/article/china-evergrande-ratings-moodys-idUSB9N2P9013 . Já a Fitch baixou para CC https://www.fitchratings.com/research/corporate-finance/fitch-downgrades-evergrande-subsidiaries-hengda-tianji-to-cc-07-09-2021 , na mesma escala do Ca da Moody’s. Em 13de setembro https://youtu.be/Pg5D1NAnV0Y , foi anunciado que seus títulos dedívida sofreram um desconto de 75% no valor de face. O vídeo também mostra queas notas de crédito da empresa pela Moody’s, S&P e Fitch eram,respetivamente, C (em falência), CCC- (risco de crédito muito alto) e CC(próximo à falência, com possibilidade de recuperação). A dívida, portanto,está dentro das escalas consideradas ‘junk’ (lixo) de todas as três agências.

Etiquetas :

Sem categoria

Partilhar :

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *