Os ETF’s de ouro tiveram um grande fluxo deentrada em março de 2022, sendo o terceiro mês consecutivo de fluxos deentrada.


O fluxo de entrada líquida em ETF’s de ouro chegaram a 187.3 toneladas em março, com o total de reservas subindo para 3837 toneladas. Foi o maior aumento dasparticipações em ETF’s de ouro desde julho de 2020, de acordo o World GoldCouncil (WGC).


Em janeiro de 2022, o fluxo de entrada foi de 46.3 toneladas35.5 toneladas. No total deste ano, os ETF’s de ouro tiveram um fluxo de entrada de 270.7toneladas.


A inflação desenfreada e a tensão geopolíticaimpulsionaram o investimento em ouro em março. O preço médio da onça de ouroaumentou de US$ 1906 em fevereiro para US$ 1933 em março.


O ouro fluiu para ETF’s em todas as regiões:


Os ETF’s de ouro norte-americanos adicionaram100.6 toneladas de ouro.


Os ETF’S de ouro europeus adicionaram 82.7toneladas.


Os ETF’s de ouro asiáticos reverteram atendência de queda iniciada no ano e adicionaram 2.6 toneladas.


Os ETF’s de ouro de outras regiões, incluindoa Austrália, adicionaram 1.4 toneladas.


Em 2021, os ETF’s de ouro tiveram fluxos de saídaglobais de 173 toneladas, já que grandes ETF’s norte-americanos perderam ativosem linha com os preços mais baixos do ouro.


Os fluxos de entrada de ouro em ETF’s têm efeitossignificativos no mercado mundial do metal, elevando a demanda geral.


É importante destacar a diferença de investirem ETF’s de ouro e em ouro físico.


ETF’s de ouro são lastreados por ouro físicoem posse do emissor e são transacionados no mercado, como ações. ETF’s permitemaos investidores comprarem ouro sem terem de comprar onças inteiras ao spotprice. É possível vender e comprar diversas vezes ao longo do dia, sendo uminstrumento muito utilizado por investidores mais especulativos, como traders.


ETF’s de ouro também são uma boa opção(dependendo dos objetivos do investidor), porém, não são um substituto do ourofísico. É necessário considerar que, ao adquirir ETF’s de ouro, o investidornão possui realmente propriedade sobre o metal.


Ouro Físico é mais adequado para a obtenção deuma reserva de valor e investimento a médio e longo prazo. É adequado paramanter (ou aumentar, já que o ouro não é inflacionado) o poder de compra aolongo do tempo. Veja aqui como o padrão ouro aumentou o poder de compra nos EUAno século XIX.


Veja mais detalhes sobre as diferenças entreETF’s de ouro e ouro físico aqui.



André Marques