Fale Connosco

+351 255 214 495

Registo / Login

Endividamento do Setor não Financeiro em Portugal Sofreu um Aumento de € 3.7 Mil Milhões em Maio de 2022

O Banco de Portugal publicou os dados sobre o endividamento do setor não financeiro em Portugal, que, em maio de 2022, sofreu um aumento de € 3.7 mil milhões em relação a abril de 2022, atingindo € 793.6 mil milhões.

O endividamento do setor público (administrações públicas e empresas públicas) teve um aumento de € 2.3 mil milhões, atingindo € 357.3 mil milhões. Houve um aumento do endividamento perante o exterior (€ 1.3 mil milhões) e um acréscimo de € 900 milhões no endividamento face às administrações públicas.

O endividamento do setor privado (particulares e empresas privadas) aumentou € 1.4 mil milhões, atingindo € 436.3 mil milhões. O endividamento das empresas privadas aumentou € 1 mil milhões, sobretudo junto do setor financeiro e do exterior. Já o endividamento dos particulares subiu € 400 milhões, exclusivamente junto do setor financeiro.

Figura 1 – Endividamento do Setor não Financeiro por Setor Devedor, em Milhões de Euros (Maio 2021 – Maio 2022)

Fonte: Banco de Portugal.

Em maio de 2022, o endividamento das empresas privadas aumentou 4.2% em relação a maio de 2021.

Figura 2 – Taxa de Variação Anual do Endividamento das Empresas Privadas (2017-2022)

Fonte: Banco de Portugal.

Por sua vez, o endividamento dos particulares registou um aumento anual de 4.3% em maio de 2022.

Figura 3 – Taxa de Variação Anual do Endividamento dos Particulares (2017-2022)

Fonte: Banco de Portugal.

 

André Marques

Etiquetas :

Sem categoria

Partilhar :

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.