De acordo com o Banco de Portugal, emfevereiro de 2022, a dívida pública na ótica de Maastricht sofreu um aumento de2.8 mil milhões de euros (em relação a janeiro de 2022), totalizando 274.8 milmilhões de euros. Já a dívida na ótica de Maastricht líquida de ativos em depósitos dasadministrações públicas sofreu um aumento de 1 mil milhões de euros em relaçãoa janeiro de 2022, atingindo 254.1 mil milhões de euros.


A dívida pública na ótica de Maastricht éformada por três componentes: numerário e depósitos constituídos junto das administrações públicas (como oscertificados de aforro ou do Tesouro); títulos de dívida emitidos pelasadministrações públicas (como obrigações e bilhetes do Tesouro); empréstimosobtidos pelas entidades da administração pública.


Figura 1 – Evolução Mensal da Dívida PúblicaPortuguesa, em Milhões de Euros (2018-2022)


Fonte: Banco de Portugal.


Todos os instrumentos da dívida públicasofreram aumentos em fevereiro de 2022: títulos de dívida (2.46 mil milhões deeuros); empréstimos (253 milhões de euros); Numerário e Depósitos (37.4 milhõesde euros).


Figura 2 – Variação Mensal da Dívida Públicapor Instrumento (2022-2022)


Fonte: Banco de Portugal.



André Marques