Fale Connosco

+351 255 214 495

Registo

Demanda de Ouro Chinesa Recuperou-se nos Últimos Meses

A demanda de ouro na China teve um aumento nos últimos dois meses, apesar dos lockdowns ainda presentes no país. Tanto as retiradas de ouro  da Shanghai Gold Exchange (SGE) em agosto quanto as importações de ouro em julho aumentaram.

 

A China é a maior consumidora de ouro do mundo, sendo uma das principais fontes de demanda do metal.

 

As retiradas de ouro da SGE totalizaram 166 toneladas em agosto. Isto representa um aumento mensal de 3% e um aumento anual de 11%.

 

Analistas dizem que os fabricantes estão a estocar ouro antes da temporada de pico de consumo do metal. Este é um sinal de que os fabricantes esperam uma demanda saudável nos próximos meses. Outubro é tradicionalmente um grande mês para vendas de joias de ouro na China devido ao feriado de sete dias no início do mês.

 

Por sua vez, as importações do metal amarelo dispararam, tendo um aumento de 71 toneladas em julho. Na comparação anual, as importações tiveram um aumento de 111 toneladas. As importações totais de ouro chegaram a 178 toneladas no mês. Foi o maior total de um mês de julho desde 2017.

 

A China importou mais de 80 toneladas de ouro somente da Suíça em julho, de acordo com a Administração Federal de Alfândegas da Suíça. As importações da Suíça mais que dobraram o total de junho e foram oito vezes maiores do que em maio.

 

O World Gold Council (WGC) disse que “isso reflete a combinação da recente forte demanda de ouro e um aumento do preço do ouro local, que muitas vezes incentiva os importadores”.

 

O recente aumento da atividade de importação de ouro reverte o declínio visto na primavera, quando os números de importação caíram significativamente (abril e maio), mas aumentaram para mais de 100 toneladas em junho, antes do grande aumento em julho.

 

Segundo a Bloomberg, “os dados indicam que a demanda chinesa por ouro está a aumentar, depois de ser prejudicada por lockdowns para controlar surtos de COVID em várias grandes cidades. Embora as compras do país raramente tenham o poder de elevar os preços, podem fornecer um piso quando os investidores ocidentais vendem.”

 

No ano passado, a China deu luz verde para aumentar as importações de ouro. O WGC observa que o retorno da demanda de ouro na China pode potencialmente “suportar os preços globais”.

 

No início deste ano, a demanda por ouro parecia manter a força observada no final de 2021, mas caiu drasticamente na primavera. A grande recuperação em julho indica que o mercado de ouro chinês pode estar a recuperar-se.

 

 

André Marques

Etiquetas :

Sem categoria

Partilhar :

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *