Fale Connosco

+351 255 214 495

Registo

Cientistas Australianos Desenvolvem Sistema de Ativação para Curativos de Queimaduras à Base de Prata



O relatório de notícias do Silver Institute de dezembro de 2021 trouxe informações sobre um sistema de ativação para curativos de queimaduras àbase de prata desenvolvido por cientistas australianos e um curativo à base deprata aprovado nos EUA.


– Cientistas Australianos Desenvolvem Sistemade Ativação para Curativos de Queimaduras à Base de Prata


O uso de curativos para feridas à base de pratademonstrou ser eficaz não apenas na redução da infeção, mas também naaceleração da cicatrização. E, como é uma prática aceita entre os melhoresprofissionais de saúde fornecer medicamentos apenas quando necessário, deacordo com a American Medical Association uma equipa de pesquisa da University of South Australia’s Future IndustriesInstitute desenvolveu um curativo revestido de hidrogel(destinado a crianças) que só libera nanopartículas de prata quando há infeção.O tratamento depende de um sistema de entrega que deteta uma mudança na acideze na temperatura (que são sinais de infeção) e libera prata no local da ferida.


O pesquisador-chefe Dr. Zlatko Kopecki disse:“Infeção de feridas e sepse são problemas diários para crianças comqueimaduras. Os produtos para tratamento de feridas à base de prata podeminibir o crescimento de bactérias, mas também podem causar toxicidade quando levammuita prata às feridas. Nosso tratamento é único, pois capitaliza aspropriedades antibacterianas da prata, mas evita a superexposição, ativandoapenas quando a infeção está presente.”


Na Austrália, cerca de 50 mil internaçõeshospitalares relacionadas a queimaduras são registadas por ano (com criançaspequenas particularmente em risco). Queimaduras por escaldadura (65%) ouqueimaduras por chamas (20%) são as lesões mais comuns relacionadas a queimadurasem crianças com idade igual ou inferior a quatro anos.


Veja mais informações neste vídeo.


– Curativo à Base de Prata é Aprovado nos EUA


O curativo Silverlon Wound Contact da ArgentumMedical recebeu a aprovação da Food and Drugs Administration (FDA), a agênciareguladora de medicamentos dos EUA, para o seu Breakthrough Devices Program, uma iniciativa para dispositivos e produtos combinados (uma mistura demedicamentos, dispositivos e/ou produtos biológicos) que ajuda a acelerar odesenvolvimento, avaliação, e revisão de medicamentos e dispositivos,preservando os padrões para aprovação de pré-comercialização.


O curativo à base de prata contém de 50 a 100vezes mais íons de prata metálica do que outros curativos impregnados de prata,dizem os funcionários da empresa, e é aprovado para uma aplicação de até setedias para pacientes que sofreram lesões na pele devido ao tratamento comradiação.


“Esta aprovação da FDA levou 20 anos para acontecere é a validação final para o Silverlon”, disse Raul Brizuela, presidente e CEOda Argentum Medical. “Receber esta aprovação agilizará nossos esforços paralevar o Silverlon a pacientes com dermatite por radiação e lesão cutânea porradiação”.


A Argentum Medical recebeu uma doação de US$10.1 milhões da Biomedical Advanced Research and Development Authority (BARDA) para o desenvolvimento avançado da tecnologia de feridas de exposição àradiação. Silverlon, com sede em Genebra, Illinois, desde 2016, faz parte do Strategic National Stockpile, que disponibiliza suprimentos médicos (entre outros) que salvam vidas imediatamentedurante emergências.


Brizuela diz que a tecnologia Silverlon é maiseficaz do que seus concorrentes devido à sua capacidade de esticar e aderir emuma área do corpo, resultando em mais exposição e maior duração em uma ferida.Em vez de depender de curativos que precisam ser trocados a cada poucas horas,Silverlon pode ser usado por muito mais tempo, reduzindo a necessidade dereabastecimento rápido.


 

André Marques

Etiquetas :

Sem categoria

Partilhar :

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *