Em seu relatório sobre o uso daprata do setor de eletrónicos impressos e flexíveis,o Silver Institute traz informações relevantes sobre o uso da prata e do ourono setor de eletrónicos. Este mercado é dividido entre os seguintes segmentos: eletrónica impressa e flexível, bens eletrónicos de consumo(laptops, desktops, tablets, smartphones, telas/ecrãs, utensílios domésticos, entreoutros), automóveis, semicondutores, paneis fotovoltaicos, componentes de distribuição de energia (cabos, conectores,contatos elétricos e baterias de óxido de prata), ecrãs/telas Light‐Emitting Diode (LED) e Organic Light‐Emitting Diode (OLED), e MEMS (MicroElectro‐Mechanical Systems)/Micro sistemas elétrico-mecânicos.


O instituto traz algumasinformações sobre cada um destes seguimentos:


– Eletrónica Impressa e Flexível

Os materiais condutores neste segmento ultrapassam 5% dareceita total, muito maior que em outros mercados de eletrónicos. Existe aperspetiva de aceleração do crescimento das tecnologias de impressão eprocessamento rolo a rolo produzido em massa na fabricação de eletrónicos.Muitos líderes do mercado da eletrónica impressa acreditam que podem capturar amaior parte da fatia de mercado de OLED, fotovoltaicos e dispositivos deInternet das Coisas (IoT). Isto resulta em um uso cada vez maior de prata.

 – BensEletrónicos de Consumo

Omercado de eletrónicos de consumo é o maior dentro do mercado de eletrónicos,com um valor próximo a US$ 1.28 mil bilhão/trilhão por ano. Porém, mantém umataxa de crescimento relativamente modesta.

Incluídosnesta categoria estão laptops, desktops, tablets, televisores, monitores/ecrãs,smartphones, DVRs, consoles de jogos e muitos outros dispositivos eletrónicos.A Prata é encontrada em todos estes dispositivos.


– Automóveis

Segundoa Deloitte, em 2030, 45% (em média) do custo de produção de um veículo  típico será de eletrónicos. Em um veículo decombustão interna típico, 40% do custo é de eletrónicos. O segmento deautomóveis elétricos possui uma taxa de crescimento anual de 9% e seu tamanhodeve ultrapassar o dos bens eletrónicos de consumo até 2028.


– Semicondutores

O WorldSemiconductorTradeStatistics (WSTS) afirma que o mercado de semicondutores ultrapassou osUS$ 439 mil milhões/bilhões de receita total em 2020, com um crescimento anualde 6.5% (vendas globais). Todos os eletrónicos em silício está neste segmento,incluindo circuitos integrados e dispositivos de memória em chip.


– Paneis Fotovoltaicos

Deacordo com o Silver Institute, o mercado de energia fotovoltaica gerou US$ 174 milmilhões/bilhões de receita total em 2020, crescendo a uma taxa anual média de14.9% entre 2015 e 2020. Em 2020, este mercado registou 115 Gigawatts (GW) denovas instalações e há a expectativa de dobrar de tamanho em 2025, para 230 GW.Em março de 2021, a International Renewable Energy Association, em seu relatório intitulado “Perspetivas de Transições de Energia Mundial: UmCaminho de 1.5°C”, mapeou a necessidade de o mercado fotovoltaico globalcrescer para 14 mil GW de instalações ativas até 2050 . A previsão de demandade curto prazo de prata para novas instalações fotovoltaicas pode ser resumidada seguinte forma:


2020:fornecimento de 10% de prata para 115 GW;

2025:fornecimento de 15% de prata para 230 GW;

2030:fornecimento de 20% de prata para 356 GW.


– Componentes de Distribuição de Energia

Deacordo com a firma Global Market Research, o mercado de componentes dedistribuição de energia (que inclui cabos, conectores e contatos elétricos) possuimais de US$ 95 mil milhões/bilhões em receita, crescendo 6.6% ao ano em 2019. Diversosmetais preciosos são usados neste segmento em uma série de formas diferentes,incluindo prata e baterias de óxido de prata.


– Ecrãs/Telas Light‐Emitting Diode (LED) e Organic Light‐Emitting Diode (OLED)

Deacordo com o Market Research Future, os mercados de LED e OLED têm gerado US$53 mil milhões/bilhões em receita, crescendo 24% ao ano. Estes mercados jádesfrutaram de uma década de crescimento e devem continuar a crescer nospróximos anos. O OLED tornou-se a tecnologia dominante de televisão e ecrã/tela,alcançando a participação maioritária no mercado de telefonia móvel.


– MEMS (Micro Electro‐Mechanical Systems)/Micro SistemasElétrico-Mecânicos

Deacordo com Yole Development, o mercado de MEMS gerou uma receita de US$ 17.4mil milhões/bilhões em 2020, com previsão de taxa de crescimento de 17.5% aoano. A tecnologia MEMS é definida como os elementos mecânicos e eletromecânicosminiaturizados, como dispositivos e estruturas, que são fabricados usandotécnicas de micro fabricação. Os tipos de dispositivos MEMS variam deestruturas relativamente simples, sem elementos móveis, para alguns dossistemas eletromecânicos extremamente complexos, com vários elementos móveissob o controlo de microeletrônica integrada. Os dispositivos e sensores MEMScontinuarão a crescer à medida que o IoT também cresce. A maioria doseletrônicos têm realizado designs mais densos e de baixo consumo de energia pormeio de embalagens muito mais complexas.


A figura abaixo mostra a receita de cada segmento, a projeção de receitas para 2025 e a taxa de crescimento anual composta do mercado de eletrónicos (da esquerda para a direita: bens eletrónicos de consumo, automóveis, semicondutores, paneis fotovoltaicos, componentes de distribuição de energia, LED e OLED, MEMS, eletrónica impressa e flexível). 

Figura 1 – Receitas e Taxa de Crescimento Anual Composta do Mercado de Eletrónicos

 

Receita de 2020 em US$ Mil Milhões/Bilhões (Barras em Azul Escuro); Projeção de Receita para 2025 em US$ Mil Milhões/Bilhões (Barras em Azul Claro); Crescimento Anual Composto (Linha Vermelha).

Fonte: Silver Institute.


O Uso da Prata e do Ouroem todo o Setor de Eletrónicos


Com a pesquisa de mercadoque o Silver Institute acumulou até o momento, é possível visualizar na figuraseguinte um resumo da demanda de metais preciosos por parte do mercado deeletrónicos, em percentagem da oferta de cada metal.


Figura 2 – Demanda deMetais no Mercado de Eletrónicos (% da Oferta Total) em 2020


Da esquerda para adireita: Ouro, Prata, Platina, Paládio, Ródio, Irídio, Rutênio, Ósmio.

Fonte: Silver Institute.


A figura 3, por sua vez, mostraa demanda (em milhões de onças – Moz) de metais precisos por parte do mercadode eletrónicos em 2020. É possível observar que a prata possui uma demandamuito maior do que qualquer outro metal.


Figura 3 – Demanda deMetais (Moz) no Mercado de Eletrónicos em 2020

 

Da esquerda para a direita:Ouro, Prata, Platina, Paládio, Ródio, Irídio, Rutênio, Ósmio.

Fonte: Silver Institute.


Já a figura 4, mostra ogasto com metais preciosos (em % da receita) por segmento do mercado deeletrónicos em 2020. É possível ver que o segmento de eletrónica impressa eflexível é o que mais se destaca, com 4.1%.


Figura 4 – Gasto comMetais Preciosos (% da receita) por Segmento do Mercado de Eletrónicos em 2020


Fonte: Silver Institute.


O relatório menciona que aprata possui é frequentemente usada para montar ou ligar dispositivos de formacondutiva a placas de circuito impresso ou para pacotes que precisam sermontados de maneira condutiva em outros dispositivos ou substratos. A maiorparte da funcionalidade dos dispositivos de touch screen é ativada pelo uso daprata.


A figura 5 demonstra ademanda de prata em Moz (eixo da esquerda) por parte de cada setor de mercadoem 2020. As barras azuis claras destacadas com fundo azul claro representam ados segmentos do mercado de eletrónicos. A barra azul escura representa a detodo o setor de eletrónicos. As demais barras azuis claras representam as dosoutros setores (da esquerda para a direita: materiais de brasagem, fotografia,outros setores industriais, joias, investimento) que utilizam prata. A linhavermelha, por sua vez, mostra a demanda em % da oferta (eixo da direita). Épossível ver, portanto, que o setor de eletrónicos é o que mais se destaca, comuma demanda de 327 Moz e 33.9% da receita.

Figura 5 – Demanda dePrata Por Parte de Cada Setor de Marcado em 2020


Fonte: Silver Institute.


Quanto ao ouro, orelatório afirma que menos de 5.7% de sua oferta vai para a eletrónica. Emtermos de onças troy consumidas em eletrónicos, o ouro possui um volume muitomenor em comparação com a prata. O ouro é usado na eletrónica por três razõesprincipais: sua alta condutividade elétrica, sua maleabilidade e suaresistência a manchas. Pequenas quantidades de ouro podem ser encontradas emdiversos aparelhos eletrónicos, incluindo telefones móveis, televisões ecomputadores. O ouro tem uma densidade muito alta e, portanto, é resistente àcorrosão, tornando-o ideal para a conexão condutiva de componentes uns aosoutros e a substratos.


Como é possível ver nafigura 6, a percentagem da demanda de ouro em 2021 por parte da eletrónica foiapenas de 5.7%. O setor de joias é o que mais demanda o metal, representando52.3%.


Figura 6 – Demanda de Ouropor Setores em 2021


Joias (Azul); BancosCentrais (Verde); Investimento em Ouro Físico (Laranja); Eletrónica (Vermelho);Outros (Amarelo).

Fonte: Silver Institute.

 

Apesar de o ouro ser menosusado do que a prata na eletrónica, possui outros usos em diversos setores.Veja aqui E, como mostra a figura 6, os bancos centraisrepresentam 15% da demanda de ouro em 2021. Veja aquie aqui como os bancoscentrais têm aumentado suas reservas de ouro.


 

André Marques